domingo, 28 de agosto de 2011

Medos à parte


Deixa para trás o passado a agarra o presente com toda a tua força. O que estás a viver agora é a única coisa da qual podes ter a certeza, porque o passado já lá vai, já não sentes o que sentiste, já não vês as coisas como viste, nem sequer consegues sentir o seu toque com a mesma intensidade. E o futuro é a mais incerta das coisas porque num segundo pode ter um rumo e no segundo a seguir inverter todas as peças sem uma única justificação. Aproveita tudo isto para viveres as coisas sem amanhã, não tenhas medo. Se tiveres algo a dizer, dí-lo. Se tiveres algo a fazer, fá-lo. Qual é a diferença entre fazer agora ou mais tarde? É que mais tarde já pode ser tarde de mais, e aí já não há arrependimento que te valha. A vida é assim, ou sim ou sopas, deixa que seja o teu coração a dar-te todas as indicações porque ele, melhor que ninguém, sabe o que quer e principalmente, o que tu queres. Deixa-o amar se quer, deixa-o atirar-se de cabeça se assim lhe apetecer. É por abafarmos tanto a vontade que vai cá dentro que acabamos sempre por deitar tudo a perder.  Por isso, perde o medo de arriscar e ganha medo ao medo, está aí o segredo. 

8 comentários:

  1. Não tens de agradecer , és incrível a escrever *.*

    ResponderEliminar
  2. Tal como tu Cate, não é? :')
    obrigada anónimo, estás a ser muito/a simpático/a :)

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito do blog e do que cá escreves, sigo*

    ResponderEliminar
  4. Gostei, gostei mesmo.. Parabéns pelo blog Sara, tens uma nova seguidora ;)

    ResponderEliminar